20 de junho de 2024 - 16:42

Curtinhas

28/05/2024 19:39

PRA NÃO CAIR NA BEIRADA DO MUNDO EU APRENDO A VOAR E DOU A VOLTA NELE

Rafael Beibi, cantor, compositor, zabumbeiro e fundador da Banda Zaíra, lança primeiro disco solo

Pra não cair na beirada do mundo eu aprendo a voar e dou a volta nele. Esse é o nome do primeiro álbum solo do cantor, compositor e zabumbeiro Rafael Beibi, que será lançado nas plataformas digitais no dia 31 de maio. Nas composições do disco, Beibi fala de amor, convida todos a dançar ou a refletir sobre problemáticas dos nossos tempos, às vezes com uma pitada de ironia, como o título do disco sugere. Além disso, não se esquece de reverenciar o poder das festas e ritmos populares, como na letra da faixa “Pé Dágua”, de Beibi e Bruno Lins: “...poesia entra no peito, cura as dores e as feridas, e o verso que é cantado pelo povo, ganha vida”.

O disco chega logo após o lançamento do single  Carne Viva, uma espécie de xote rock’n’ roll, que traz como referências artistas como Cátia de França e Alceu Valença, com timbres e texturas sonoras que rompem com os estereótipos da música regional nordestina. Uma gravação em uma formação mais urbana, flertando com a psicodelia.

O disco produzido por Guegué Medeiros chegará com oito faixas, sendo sete inéditas. O trabalho é uma mistura do regionalismo nordestino com referências universais, com as participações do violinista francês Nicolas Krassik, o guitarrista paraense Félix Robatto, além do baterista e percussionista paraibano Guegué Medeiros.

Nascido em Piracicaba, interior de São Paulo, Beibi se descobriu como artista quando cantou pela primeira vez com a zabumba no peito, e ritmos como forró, maracatu, coco e ciranda viraram o ponto de partida para suas criações. Nos palcos há 19 anos, o paulista Rafael Beibi é vocalista e fundador da banda Dona Zaíra, que explorou várias possibilidades dentro da música regional, com participações de Hermeto Pascoal, Dominguinhos, Francisco el Hombre e Rapadura.

A banda teve destaque no reality show Superstar na Rede Globo, e as composições de Beibi chegaram a ficar entre os sete compositores mais executados no Nordeste. Seu forró contemporâneo também chegou na Europa, onde Dona Zaíra fez duas turnês internacionais em 2012 e 2014, tocando em nove países. Atualmente, Beibi também faz parte do Fuá do Guegué, banda que ganhou destaque na noite paulistana com uma festa autoral mensal que acontece na “Casa de Cultura Os Capoeira”, na Vila Madalena.

REPERTÓRIO

  1. CARNE VIVA (RAFAEL BEIBI)
  2. CARIMBÓ NO PARAÍSO feat FÉLIX ROBATTO (RAFAEL BEIBI)
  3. PRA NÃO CAIR NA BEIRADA DO MUNDO EU APRENDO A VOAR E DOU A VOLTA NELE feat NICOLAS KRASSIK
    (RAFAEL BEIBI / ANDRÉ TAGLIATTI / ALYSSON SALVADOR)
  4. JUNTINHO (RAFAEL BEIBI / BRUNO LINS)
  5. CIDADÃO DO MUNDO (RAFAEL BEIBI)
  6. CASUALIDADE LINEAR (RAFAEL BEIBI)
  7. LAMPIÃO NO SERTÃO COM DINAMITES feat GUEGUÉ MEDEIROS (RAFAEL BEIBI)
  8. PÉ D'ÁGUA (RAFAEL BEIBI / BRUNO LINS)
 

FICHA TÉCNICA
Gravado no estúdio Canto da Coruja (Piracaia/SP)

Vocal, zabumba e triângulo: Rafael Beibi
Bateria e percussão: Guegué Medeiros
Baixo: Matheus Tagliatti
Guitarra: Daniel Zivko
Piano e synth: Ramses Paraguassu
Sanfona: Rafa Virgulino

Participações:
Nicolas Krassik
Félix Robatto
Guegué Medeiros

Produzido por Guegué Medeiros
Mix e master: Ricardo Prado (Canto da Coruja)
Capa: Daniel Vincent